• Início
  • Livro pioneiro sobre a Teoria do Design Inteligente é lançado no Brasil

Livro pioneiro sobre a Teoria do Design Inteligente é lançado no Brasil

Acaba de sair do “forno” o superlançamento, já há muito aguardado, tanto pela comunidade tedeísta (estudiosos do design inteligente) quanto pelas comunidades criacionistas e demais simpatizantes do tema, o livro Teoria do Design Inteligente, de autoria do escritor e mestre em Ciências Everton Fernando Alves. O livro já era conhecido em formato digital, desde junho de 2015, na plataforma Widbook. Em pouco mais de um ano de lançamento digital, a obra já tinha atingido a marca de dez mil leituras. De lá para cá muita coisa mudou. Em seu formato impresso, a obra foi aprimorada, conteúdos foram inseridos e ilustrações foram desenvolvidas e adicionadas aos capítulos para trazer bom humor e mais prazer na leitura de um assunto que foi escrito com muita seriedade e honestidade intelectual.

Teoria do Design Inteligente é uma das duas primeiras obras genuinamente brasileiras, relevantes e exclusivas acerca do design inteligente. Mas se você ainda não sabe o que é essa tal de Teoria do Design Inteligente (TDI), o próprio autor adianta um pouquinho do conceito dessa proposta atual e que tem intrigado a nova geração de pesquisadores:

“A Teoria do Design Inteligente pode ser compreendida como o estudo dos padrões na natureza que carregam as marcas de causalidade inteligente. A proposta do Design Inteligente é apenas detectar design na natureza. É importantíssimo esclarecer que o Design Inteligente não se preocupa em esclarecer ou explicar questões sobre a origem da vida, do Universo ou sobre a idade da Terra. A proposta do Design Inteligente é apenas buscar características inerentes de design num dado objeto na natureza hoje, a qualquer coisa que possa ser observável, pesquisada e identificada em laboratório.”

De acordo com resenha elaborada por Jônatas Duarte Lima, um dos leitores da obra, Everton,

“em 31 capítulos, fundamentados em mais de 350 artigos científicos (revisados por pares), expõe evidências que, antes mesmo de apoiar a Teoria do Design Inteligente, contestam alguns aspectos da teoria neodarwiniana lançando mão apenas de pesquisas e resultados científicos, nos quais a proposta causal evolucionista não pode ser bem-sucedida”.

Pode-se notar uma divisão “temática” na obra, em que, sequencialmente, são analisadas as insuficiências do modelo darwinista (e.g., a fraude dos embriões de Haeckel, as moscas-das-frutas, os tentilhões de Darwin, etc.), os supostos órgãos vestigiais, mitos genéticos (“DNA-lixo”), o despontar da Epigenética, supostos exemplos de bad design (o polegar do panda, a faringe humana, o apêndice, etc.), evidências de projeto (biomimética, complexidade irredutível, projeto capilar humano) e, para finalizar, algumas conclusões a que cientistas honestos (especialmente na Medicina) têm chegado à luz de tanta informação obtida nos últimos anos.”

Clique aqui e adquira já o seu com preço promocional!

Detalhes do produto

Formato: 14,0×21,0
Número de páginas: 213
Acabamento: Brochura

Papel: Pólen Soft

ISBN: 978-85-910566-4-4

Selo: Editorial NUMARSCB

Preço promocional: R$35,00

É escritor, palestrante e editor. Mestre em Ciências (Imunogenética) pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Especialista em Biotecnologia genômica (Biologia molecular) pela mesma Universidade. Autor de dezenas de publicações em diversos periódicos científicos na área Biomédica. Autor dos livros "Revisitando as Origens" e "Teoria do Design Inteligente". Atualmente, é Cofundador e Editor-chefe da Origem em Revista.

Etiquetas: , , , , , , ,


Everton F. Alves

É escritor, palestrante e editor. Mestre em Ciências (Imunogenética) pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Especialista em Biotecnologia genômica (Biologia molecular) pela mesma Universidade. Autor de dezenas de publicações em diversos periódicos científicos na área Biomédica. Autor dos livros "Revisitando as Origens" e "Teoria do Design Inteligente". Atualmente, é Cofundador e Editor-chefe da Origem em Revista.